MONKEYPOX E LESÕES NO ÂNUS

O Monkeypox é adquirido por contato, direto, através de objetos, ou gotículas e secreções. a doença era endêmica na África e agora vivemos um surto da doença em vários países, incluindo Brasil.


Sintomas iniciais incluem linfadenopatia (ínguas), dor de cabeça, dor muscular, calafrios, fadiga e tosse. Esse é o pródromo da doença, antes do aparecimento das lesões, mas período em que pode haver contaminação.

As lesões de pele geralmente aparecem após 1 a 3 dias do início da febre, comuns em face e bocas, podendo se espalhar por todo corpo, inclusive palmas e plantas de mão e pés, região genital e anal. Alguns pacientes desenvolvem lesões dentro do ânus e reto, fazendo um quadro de proctite que necessita de avaliação do coloproctologista.

As lesões de pele começam com máculas (pequenas manchas roséas) e progridem para pápulas, vesículas e pústulas.

A doença dura de 2 a 4 semanas, sendo recomendado isolamento por 3 semanas ou até sumirem todas as crostas das lesões de pele.

Por enquanto o que temos de tratamento é de sintomáticos e suporte.




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo